Concreto

A força exacta é violência.
A força em espirro, ao acaso, não é violência, é existência.
O mal é fixar a força (direccioná-la) porque a natureza espontânea não o faz.
Natural é ser forte, isto é, avançar...
A natureza não tem, nunca teve, forças exactas.
E tudo o que o homem faz é tornar exacta a força.
Ser violento é construir; todo o edifício é violência.
O homem é o exacto da natureza; a falha natural; o erro.
Gonçalo M. Tavares


20 comentários:

William Alexander López disse...

Excelente Miguel, me gusta la relación que has realizado con la fuerza.

Abrazos

Álvaro disse...

Felicidades por tu blog. Le estoy viendo ahora y me parece que está lleno de fotos de una gran calidad.
Volveré a dejarme caer por aquí.
Un saludo.

Gaspar de Jesus disse...

MARAVILHOSAS FOTOGRAFIAS!
parabéns Miguel
G.J.

Adrian LaRoque disse...

Excelente perspectiva Miguel!

La sonrisa de Hiperión disse...

Genial salto de agua, en las mas profunda sequedad...

Saludos desde el sur de la piel de toro.

Remus disse...

Bom nível de contraste.
Como sou um apaixonado por grafismos, acho que somente a parede da barragem, daria também uma excelente fotografia. ;-)

tossan disse...

O pensamento é perfeito e a imagem genial! Gosto muito das tuas fotos. Abraço

amatamari disse...

Beautiful image for wonderful words ...
thanks!

scott Schilling disse...

Great industrial looking image - I love this in Black and White Miguel! Great composition also - this looks like it holds back a lot of water!

Zing disse...

Great perspective, wonderful shot!

Jorge Monteiro disse...

Grande perspectiva!!!
Gostei do ruído da foto. Parabéns.
Abraço.

Ángel Corrochano disse...

Hola Miguel, has logrado un excelente juego de planos y de líneas, formando una bella composición. El blanco y negro lo bordas.

Saludos

Ana Lúcia disse...

Adorei a composição em que valorizas a geometria.

alex disse...

um texto mto bem escolhido... e uma imagem fortissima, grandiosa... a espelhar a imensidão do q é uma barragem... parabéns!

Sérgio Aires disse...

Muito concreto. E genial. Parabéns.

Helena de Tróia disse...

...ou cimento! excelente perspectiva a p&b.

Armindo C. Alves disse...

(Gosto da relação do texto com a fotografia.)
A grande angular realçou a volumetria e a sensação de peso. Enormizou uma coisa já de si grande. As linhas verticais dão movimento e força que o preto & branco reforçam.
Grande abraço, Miguel.

Chapa disse...

Muito boa.

Ana Lúcia disse...

Olá Miguel.
Nomeei o teu trabalho com o prémio 5*. Obrigada pelas excelentes imagens que nos ofereces.

moresecretwhispers disse...

great lines in this one