Na sombra

Risco c`um traço
(Um traço fino, sem azedume)
Todos os que conheço, eu mesmo incluído.
Para todos estes não me verão
Nunca mais
Olhar com azedume
Bertold Brecht

35 comentários:

ricardo emilio bianco disse...

una composición rara y hermosa, la mano extendida, la figuras que pasan como fantasmas, toda una alegoría

o Nosso cAstelo disse...

Miguel, retornei há dias à terra onde cresci e senti falta de um sem-abrigo, conhecido...Hj vi-o, à noite, dormindo perto do seu canto habitual, enrolado em cartão, escondido na sombra do quiosque central...É estranho, mas por um lado senti-me bem por tornar a vê-lo, para lhe cumprimentar, dar alguma comida, mantas e um sorriso, passando por ele sem medo, olhando-o com a dignidade que merece como pessoa...; mas por outro lado, é triste que continue na sua vida tão desconfortábvel como 'resto do mundo' e aí sim, nóes, elementos da sociedade, temos culpa, cada um à sua maneira...
Foto mt bem tirada, a todos os níveis...até pk ele está perto de um snack, onde tomamos a bica e comemos um bolo, mas ele não...

Isabel disse...

Quizá esta sea una foto distinta pero me gusta mucho, Miguel...
Un saludo,

Unmasked (sin caretas) disse...

Que buenas fotos...me encnata este blog, Miguel. Que buena estetica.

Un beso enorme,

Maria pia

Ana Lúcia disse...

Uma imagem maravilhosa que retrata tão bem o que se vê nas nossas cidades. O mendigo na sombra... sim porque quando não está, nós desviamos o olhar e esse ambiente luminoso onde nada falta. E para completar o movimento das pessoas que passam ao longe.
Parabéns. Retratos da cidade.

João André Farinha disse...

Só é pena o caixote do lixo quase se confundir com a silhueta do homem. Retira algum do impacto à fotografia.

Sérgio Aires disse...

Não há fome que não dê fartura... Uma obra de arte atrás da outra!

Ángel Corrochano disse...

Que acierto la baja velocidad en esta toma, y el punto de vista a ras de suelo, con los paseantes como puros fantasmas. El blanco y negro de LUX

Un abrazo Miguel

Toni Pons Barro disse...

buena composicion, buen b 6 w.
me gusta.
saludos

William Alexander López disse...

Simplemente PRECIOSA , buen resultado, me gusta el concepto de dejarlo a él bien enfocado y el resto en movimiento, personas que va y vienen indiferentes.

Excelente trabajo

gaia56 disse...

Precios momento que has captado, tanto el fotográfico como tus palabras.
Un beso

ruimnm disse...

Não me canso de dizer que aqui só há obras de arte. Mais uma...

Remus disse...

O efeito conseguido com a longa exposição aliado ao enquadramento/composição, transformou a fotografia em única.
Muitos parabéns.

ana barata disse...

Passei por aqui e gostei, das imagens e das palavras.

Su Chua Phin 徐蔡斌 disse...

Wonderful effect from a master!

Marco Reis disse...

Imagem muito criativa!!!
Também cheia de expressão, ou seja, tudo tem movimento menos ele... ali sentado... imóvel...
Fantástico registo! Isto é o que se pode chamar de qualidade de fotografia.
Abraço

Ajay disse...

Once again, a superb shot from you. I love how people are dissolving in the air in the background.

alex disse...

esta fotografia nao precisa de mais nada... uma critica... um olhar atento... onde todos os outros falham... tu estas lá...

expressão... sentido critico... sensibilidade apurada... técnica excelente... ;)

Álvaro disse...

Magnífica foto llena de contrastes. Buena, buena.
Saludos.

Adrian LaRoque disse...

Excelente aqui Miguel é tudo o que psso dizer.

Ñoco Le Bolo disse...

… con la mirada atenta …

Bella metáfora. ¿Somos sombras ante la cruda realidad de un ser de carne un hueso con una mano extendida? Aún cuando finjamos no verlos, ellos son más reales que nosotros.
Una buena foto.

... saludos

CR & LMA
____________________________

Andres Vargas disse...

Es una imagen sencional, el blanco y negro le dan un dramatismo aun mejor!!

Hugo disse...

Ola

une superbe ambiance qui se dégage de cette magnifique photo

abraço

André Rabaça disse...

Conheci hoje este blog. Belíssimas fotografias. Parabéns.

AndreM disse...

O curioso é que o pedinte estende a mão a uma série de 'fantasmas', mas acaba por ser ele o fantasma que ninguém parece ver... uma ironia do nosso quotidiano.
Gosto da foto. Além de fazer pensar é bastante agradável à vista.

O Repórter Alentejano disse...

Aqui há fotografia com corpo, alma e dedicação. Por isso mesmo o Miguel é um dos que merece algo que tenho no meu modesto espaço.
Abraço,
O Repórter Alentejano.

Jorge Monteiro disse...

Olá Miguel
É raro ver-se uma foto assim. É este género de fotos que eu gosto, descontraidas e momentâneas. Belo trabalho.
Passe no meu blog, tem lá algo para si.
Bom fim de semana.
Abraço.

Chinezzinha disse...

Bela fotografia.

Premiei-te com o prémio Blog Dorado.
Vai lá no Toque d’Alma buscá-lo.:)

Beijinhos

Mar disse...

preciosas fotografias...

calata disse...

buena imagen en byn, ese movimiento contrasta con la quietud de la mano que solicita. Reconozco ese suelo tan bonito que teneis en michas ciudades de Portugal, saludos

tossan disse...

Esse teu olhar p&b é fantástico! Abraço

chloe disse...

rather errie, but beautiful!
love the passing time feeling

Adrian LaRoque disse...

Bom trabalho aqui Miguel.

Gonçalo T. Almeida disse...

Que grande foto! E transmite uma mensagem poderosíssima. Um trabalho excelente!

Scott Schilling disse...

Miguel, this is an amazing street scene photograph! The movement of everyone except the person on the left is fantastic! Wonderful work!