Ensaio caseiro 2


Para ser grande, sê inteiro: nada
teu exagera ou exclui.

Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
no mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
brilha, porque alta vive

Ricardo Reis

20 comentários:

Pedro Ferreira disse...

Bom retrato e resumo :)

JRonson disse...

grande poema com grande photo, muito natural mesmo *.*

JMV disse...

Ora eis precisamente aquilo que é para mim conseguir captar a cor da luz.Magnífico.

ana lúcia disse...

as palavras tentam roubar o protagonismo da imagm.

ruimnm disse...

Um retrato perfeito. Tudo escolhido a preceito: a cor de fundo e da t'shirt, a orientação da luz. Muito bom.

ricardo emilio bianco disse...

otro retrato excelente!!!

Ángel disse...

El retrato es magistral, Miguel, delicado, perfectamente ejecutado con un equilibrio de luces excelente.
un abrazo

kiko esperilla disse...

Me voy a hacer de una casa como la tuya Miguel, porque los experimentos caseros te quedan de maravilla. Excelente retrato. Abrazos

Merce disse...

don't worry

be happy

deixate bañar pola luz do sol, pecha os ollos e soña que voas, que es feliz.

Maravillosa!!!

:)

Isabel Membrado disse...

Se aprecia mucha suavidad en tu imagen. Creo que es un buen retrato. El blanco y negro es excelente.
Adelante con los ensayos caseros!!

Sérgio Aires disse...

Como as melhores: simples e única. Parabéns!

Gelichu disse...

Bonito retraro.
Saludos

Remus disse...

A qualidade do preto e branco, a luminosidade e a própria pose do modelo, estão excelentes.
Muitos parabéns.

Ñoco Le Bolo disse...


Me gusta como resuelves el contraste branco/preto

Saludos

CristalRasgado & LaMiradaAusente
________________________________

Fernando Santos (Chana) disse...

Caro amigo, belo retrato...belas palavras...Espectacular....
Um abraço

Armindo C. Alves disse...

MIGUEL
Mais um ensaio muito bem conseguido. Imagino por ser "caseiro" te tenha dado um prazer especial. Basta ler o lindo poema em tom de conselho.
A foto está perfeita. Um lindo perfil com os tons muito bem definidos a realçar as linhas. Parabéns, Miguel.
Abraço.

Hellag disse...

ensaios com resultados magnificos, em uníssono com o poema...a vida deve ser vivida assim!

Víctor Manuel Pizarro disse...

Una luz muy equilibrada. Bonita fotografía.

Un saludo.

Víctor

Olhar Lunar disse...

Conselho de pai, presumo, pai sou também, e de olhos abertos vejo orgulho inteiro. E deves tê-lo, náo só por razões óbvias, mas também pelo modo súblime como olhaste pelo óculo da alma. Já agora diz-lhe para abrir os olhos contra a luz e nela descortinar o teu vulto e manter o sorriso, sempre inteiro. Parabéns.

RICARDO FRANÇA disse...

És discreto e ao mesmo tempo folgado. Tuas escritas com a luz chegam de mansinho em nossas vistas e se expandem grandiosamente por nossas mentes. Belo trabalho! PARABÉNS.